segunda-feira, 25 de maio de 2015

Leve na sua memória, para o resto da vida, as coisas boas que surgiram nas dificuldades




Arte de Kinga Britschgi

"Quando você conseguir superar graves problemas de relacionamentos, não se detenha na lembrança dos momentos difíceis, mas na alegria de haver atravessado mais essa prova em sua vida. 

Quando sair de um longo tratamento de saúde, não pense no sofrimento que foi necessário enfrentar, mas na bênção de Deus que permitiu a cura.

Leve na sua memória, para o resto da vida, as coisas boas que surgiram nas dificuldades. Elas serão uma prova de sua capacidade, e lhe darão confiança diante de qualquer obstáculo."

Chico Xavier

domingo, 24 de maio de 2015

Rasgue o seu documento de escravidão. Alforrie-se! Entregue-se. Delicie-se.




 Arte de Nikolay Stoev

"(...) Nós mulheres, infelizmente, sentimos uma compulsão pela perfeição, mas ela não atrai felicidade. As regras são muitas: Arrume o cabelo. Use salto. Roupas de bolinhas são proibidas para gordinhas. Mulher competente usa roupas sérias. Oi?

O pior é que esse “mantra da perfeição” é transmitido de forma oral de geração para geração. Compre, corra, emagreça, coma apenas coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria, olhe a postura, trabalhe e ganhe o mundo. Tenha sucesso, muito sucesso! Embora ninguém te explique muito bem do que se tratam todas essas ‘conquistas’. O fato é que ninguém nos diz: Seja feliz!!!!!

Por isso aqui vai a minha recomendação para todas as mulheres: Rasgue o seu documento de escravidão. Alforrie-se! Entregue-se. Delicie-se. Coma o seu prato preferido. Abrace muito e beije ainda mais. Dance. Apaixone-se. Relaxe. Durma sem culpa. Acorde com vontade. Brinque. Sorria, nada é mais sedutor do que isso. Arrume-se, mas quando desejar e para se sentir bem consigo mesma. Tenha uma crise de amnésia quando as lembranças ruins insistirem em visitá-la. Não guarde mágoas, guarde grana para viajar. Guarde boas lembranças.

E quando a vida quiser tirar o seu fôlego, abalar as suas certezas ou simplesmente acariciar os seus cabelos e deixá-los bagunçados ... Aproveite!"

Lígia Guerra

Vamos acompanhar o outono? Trocar as roupagens da alma...


Arte de Eric wallis

"Vamos acompanhar o outono?
Trocar as roupagens da alma...
Abrir espaço para nossas
transformações mais profundas.
Silenciar as folhas.
Conversar com as raízes." 


Lígia Guerra

A mais dilacerante é a dor de virar desimportante para o ser amado




Arte de Emma Uber

 
"Existem duas dores de amor:
A primeira é quando a relação termina e a gente, seguindo amando, tem que se acostumar com a ausência do outro, com a sensação de perda, de rejeição e com a falta de perspectiva, já que ainda estamos tão embrulhados na dor que não conseguimos ver luz no fim do túnel.
A segunda dor é quando começamos a vislumbrar a luz no fim do túnel.
A mais dilacerante é a dor física da falta de beijos e abraços, a dor de virar desimportante para o ser amado.(...)"


Martha Medeiros

sexta-feira, 22 de maio de 2015

dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu.







Arte de  Edward Cucuel

A VIDA E O SAL

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo de água e bebesse. - Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
- Ruim - disse o aprendiz.
]O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago.
Então o velho disse:

- Beba um pouco dessa água. Enquanto a água escorria pelo queixo do jovem o Mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom! - disse o rapaz.
- Você sente o gosto do sal? - perguntou o Mestre.
- Não - disse o jovem.
O Mestre então se sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu. Em outras palavras: É deixar de ser copo, para tornar-se um lago.

Desconheço autoria

abraçar de um jeito diferente


Arte de  Dorina Costras


Eu quero te abraçar de um jeito diferente, não há um toque em sua mão ou beijo em sua face...
É um abraço com a suavidade das palavras, de paz a alma.
 
Sirlei L. Passolongo

Se é pra viver, vamos viver direito.


 Arte de Julia Lillard

"Se é pra viver, vamos viver direito. Com conteúdo. Troque o verbo, mude a frase, inverta a culpa. O sujeito da oração é você. A história é sua, mãos à obra! Melhore aquele capítulo, jogue fora o que não cabe mais, embole a tristeza, o medo, aceite seus erros, reescreva-se. Republique-se. Reinvente-se. E transforme-se na melhor edição feita de você."  

Fernanda Mello

quinta-feira, 21 de maio de 2015

O melhor do abraço




Arte de  Susan Rios 

"Mas o melhor do abraço não é a ideia dos braços facilitarem o encontro dos corpos. O melhor do abraço é a sutileza dele. A mística dele. A poesia. O segredo de literalmente aproximar um coração do outro para conversarem no silêncio que dá descanso à palavra. O silêncio onde tudo é dito sem que nenhuma letra precise se juntar à outra. O melhor do abraço é o charme de fazer com que a eternidade caiba em segundos. A mágica de possibilitar que duas pessoas visitem o céu no mesmo instante." 

Ana Jácomo

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Tratar com cuidado significa honrar o laço construído




 Arte de Rafal Olbinski

"(...)Tratar com cuidado significa colocar-se no lugar do outro e dimensionar o quanto uma estupidez pode machucar. Significa levar em consideração as dificuldades de alguém a fim de não exigir demais de seus sentimentos e posicionamentos. Significa compreender que a comunicação é fundamental para o entendimento e a paz e que atitudes bruscas podem ser mal interpretadas. Significa honrar o laço construído e não colocar na intimidade a desculpa para agredir — agressões não podem virar hábito da casa."


Martha Medeiros

A simulação da bondade, é ainda mais nociva que a maldade.



Arte de Brita Seifert

 
Os piores demônios são os que emprestam as roupas dos santos. A simulação da bondade, por gerar o engano, é ainda mais nociva que a maldade. 

 Pe. Fábio de Melo

terça-feira, 19 de maio de 2015

Não é bom dizer o óbvio para quem está sentindo o óbvio.



Arte de  Joseph Lorusso


"É pedir para a pessoa relaxar que ficará mais tensa.
É pedir para se acalmar que ficará mais nervosa.
É pedir para não pensar mais no assunto que não falará de outra coisa.
Quando o homem ou a mulher teme broxar certamente vai broxar se alguém perguntar: o que está acontecendo?
O cérebro não funciona com imposições, ordens, mandos. Ainda mais quando o problema está na cara. Não é bom dizer o óbvio para quem está sentindo o óbvio. Lições daquilo que deve ser feito somente aumenta a dificuldade.
O medo não precisa de legendas. Assim como a ansiedade não depende da tradução dos outros.
A inteligência precisa da ignorância para ser feliz."


Fabrício Carpinejar

O silêncio é a única resposta que devemos dar aos tolos


Arte de Christiane Vleugels

"O silêncio é a única resposta que devemos dar aos tolos. Porque onde a ignorância fala, a inteligência não dá palpites."

Desconheço autoria

domingo, 17 de maio de 2015

opte pelo que engrandece o coração


 Arte de Datha Y. Thompson

"Na vida, existem algumas diferenças...
Não são as escolhas, mas as renuncias.
Não são as palavras, mas as atitudes.
Não são os argumentos, mas o silêncio.
Não são os passos dados, mas as experiências conquistadas.
Não são as riquezas, mas os valores.
Seja a diferença, opte pelo que engrandece o coração."

Yla Fernandes

O problema é que confundimos amor com perfeição



Arte de Ewa Bartosik

"Não falta amor.
O problema é que
confundimos amor
com perfeição.
E o amor-perfeito
escolheu ser flor.

Zack Magiezi