sábado, 4 de julho de 2015

a vida precisa ser leve.




Arte de Igor Zenin



“O rancor impede que você siga adiante sem aquele peso nas costas. E quem quer viver uma vida cheia de amargura? O jeito é se livrar de todas essas coisas que doem, incomodam e só fazem volume no seu dia a dia. De uma vez por todas, pois a vida precisa ser leve.”

Clarissa Corrêa

Põe pra fora tudo o que incomoda, o que aperta o peito, o que rouba o sono




Arte de Dima Dmitriev

"Sopre o medo, sopre a angústia, a ansiedade. Sopre forte as palavras que machucaram, a raiva, a decepção. Põe pra fora tudo o que incomoda, o que aperta o peito, o que rouba o sono. E sopre pra bem distante. Que só o que é bonito fique dentro! Porque o que há dentro de você é o que construirá o mundo ao seu redor. Arranque as ervas daninhas. Deixe o terreno limpo pra novas sementes. Pra árvores frutíferas. Pra flores. Então, respire fundo e depois sopre pra longe tudo o que não lhe faz bem. Olhe, se cuide primeiro, que o resto se ajeita. Que a felicidade vem."

Rachel Carvalho

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Longe de mim a inveja e a maldade escondidas na vida



Arte de Joanna Kustra 

"(...)Ter meus amigos comigo
quem amo me amando, sim
longe do amor de quem nos finge amar
Ver na manhã de um domingo,
meu filho sorrir pra mim
depois dormir à sombra de um jatobá
Poucas coisas valem a pena
o importante é ter prazer
Longe de mim a inveja e a maldade escondidas na vida
Hoje estamos nós em cena e não há tempo a perder
pois tudo acaba mesmo sempre em despedida(...)"

Toquinho

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Felicidade não é uma meta, mas um estado de espírito.




Arte de Duane Bryers

"A sociedade quer definir o que é certo. São quatro loucuras da sociedade…
A primeira é instituir que todos têm de ter sucesso, como se eles não tivessem significados individuais.
A segunda loucura é você ter de estar feliz todos os dias.
A terceira é você ter que comprar tudo o que puder. O resultado é esse consumismo absurdo.
Por fim, a quarta loucura: Você ter de fazer as coisas do jeito certo. Jeito certo não existe.
Não há um caminho único para se fazer as coisas.
As metas são interessantes para o sucesso, mas não para a felicidade.
Felicidade não é uma meta, mas um estado de espírito.
Tem gente que diz que não será feliz enquanto não casar, enquanto outros se dizem infelizes justamente por causa do casamento.
Você pode ser feliz tomando sorvete, ficando em casa com a família ou com amigos verdadeiros, levando os filhos para brincar ou indo à praia ou ao cinema…
Quando era recém-formado, em São Paulo, trabalhei em um hospital de pacientes terminais.
Todos os dias morriam nove ou dez pacientes.
Eu sempre procurei conversar com eles na hora da morte.
A maior parte pega o médico pela camisa e diz:
“Doutor, não me deixe morrer. Eu me sacrifiquei a vida inteira, agora eu quero aproveitá-la e ser feliz”.
Eu sentia uma dor enorme por não poder fazer nada. Ali eu aprendi que a felicidade é feita de coisas pequenas.
Ninguém na hora da morte diz se arrepender por não ter aplicado o dinheiro em imóveis ou ações, mas sim de ter esperado muito tempo ou perdido várias oportunidades para aproveitar a vida."

 Roberto Shinyashikyi

quarta-feira, 1 de julho de 2015

A vida é um presente, e desfrutá-la com leveza, inteligência e tolerância é a melhor forma de agradecer

 
Arte de Iovka Mechkarova

Que honremos o fato de ter nascido, e que saibamos desde cedo que não basta rezar um Pai- Nosso para quitar as falhas que cometemos diariamente. Essa é uma forma preguiçosa de ser bom. O sagrado está na nossa essência, e se manifesta em nossos atos de boa-fé e generosidade, frutos de uma percepção profunda do universo, e não de ocasião. Se não estamos focados no bem, nossa aclamada religiosidade perde o sentido.

Que se perceba que quando estamos dançando, festejando, namorando, brindando, abraçando, sorrindo e fazendo graça, estamos homenageando a vida, e não a maculando. Que sejam muitos esses momentos de comemoração e alegria compartilhados, pois atraem a melhor das energias. Sentir-se alegre não deveria causar desconfiança, o espírito leve só enriquece o ser humano, pois é condição primordial para fazer feliz a quem nos rodeia.

Que estejamos sempre abertos, se não escancaradamente, ao menos de forma a possibilitar uma entrada de luz pelas frestas. Que nunca estejamos lacrados para receber o que a vida traz. Novidade não é sinônimo de invasão, deturpação ou violência. Acreditemos que o novo é elemento de reflexão: merece ser avaliado sem preconceito ou censura prévia.

Que tenhamos com a morte uma relação amistosa, já que ela não é apenas portadora de más notícias. Ela também ensina que não vale a pena se desgastar com pequenas coisas, pois no período de mais alguns anos estaremos todos com o destino sacramentado, invariavelmente. Perder tempo com picuinhas é só isso, perder tempo.

Que valorizemos nossos amigos mais íntimos, as verdadeiras relações pra sempre.

Que sejamos bem-humorados, porque o humor revela consciência da nossa insignificância – os que não sabem brincar se consideram superiores, porém não conquistam o respeito alheio que tanto almejam. Ria e engrandeça-se.

Que o mar esteja sempre azul, que o céu seja farto de estrelas, que o vinho nunca seja proibido, que o amor seja respeitado em todas as suas formas, que nossos sentimentos não sejam em vão, que saibamos apreciar o belo, que percebamos o ridículo das ideias estanques e inflexíveis, que leiamos muitos livros, que escutemos muita música, que amemos de corpo e alma, que sejamos mais práticos do que teóricos, mais fáceis do que difíceis, mais saudáveis do que neurastênicos, e que não tenhamos tanto medo da palavra felicidade, que designa apenas o conforto de estar onde se está, de ser o que se é e de não ter medo, já que o medo infecciona a mente.

Que nosso Deus, seja qual for, não nos condene, não nos exija penitências, seja um amigo para todas as horas, sem subtrair nossa inteligência, prazer e entrega às emoções que nos fazem sentir plenos.

A vida é um presente, e desfrutá-la com leveza, inteligência e tolerância é a melhor forma de agradecer – aliás, a única. 
 
Martha Medeiros

terça-feira, 30 de junho de 2015

Retribua com flores a todas as pedras que te atirarem.





 Arte de Magdalena Berny


"As pessoas são muito reativas: costumam retribuir exatamente aquilo que recebem. Retribuem o bem com o bem, e o mal com o mal. Mas tu, para seres imensamente feliz, procederás diferente:
Retribua com flores a todas as pedras que te atirarem.

Haverá um momento em que as pedras de teus inimigos acabarão, e assim eles só poderão atirar em você as próprias flores que receberam de ti."

 Augusto Branco

sexta-feira, 26 de junho de 2015

felicidade se irradia daquilo que você leva para um lugar, não do que o lugar dá a você.




Arte de  Washington Maguetas

"Minha ideia de liberdade é a seguinte: primeiro, imagine viver no ambiente de seus sonhos. Depois, imagine viver sob condições que provavelmente não seriam de seu agrado. Por último, diga: “Poderia me sentir igualmente em paz em qualquer dos dois lugares”. Isso é liberdade! Saber que sua felicidade se irradia daquilo que você leva para um lugar, não do que o lugar dá a você.
Não tenho a intenção de dizer que não deve criar o que deseja para você: apenas tenha cuidado para não fazer disso sua única fonte de felicidade"

Lee L. Jampolsky in: 
“Atitude para ser feliz”