terça-feira, 1 de novembro de 2016

Não te deixes armadilhar pelos dogmas - que é a mesma coisa que viver pelos resultados do que outras pessoas pensaram


Arte de Adélio Sarro

O teu tempo é limitado, por isso não o desperdices a viver a vida de outra pessoa. Não te deixes armadilhar pelos dogmas - que é a mesma coisa que viver pelos resultados do que outras pessoas pensaram. Não deixes que o ruído das opiniões dos outros saia da tua própria voz interior. E, mais importante ainda, tem a coragem de seguir o teu coração e a tua intuição. Estes já sabem, de alguma forma, aquilo em que tu verdadeiramente te vais tornar. Tudo o resto é secundário.

Steve Jobs

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Sr. Outubro, é hora de partir! Vá, Outubro! É hora de desaguar.



Arte de Dimitar Voinov Jr


Sr. Outubro, é hora de partir!
Leve consigo todas os cansaços, embaraços e tropeços.
Leve consigo as portas fechadas, as caras amarradas e as travas emperradas.
Leve consigo as lágrimas derramadas, as dores esparramadas e as tentativas frustradas.
Que hoje seja a sua hora de par/tir.
A mágica do seu último dia será a despedida dos grilhões que nos emperraram até aqui.
Decreto o fim de tudo que me impede de avançar, de sorrir e de me apaziguar.
Vá, Outubro! É hora de desaguar.

Cláudia Dornelles

devemos dar mais atenção ao que a nossa deusa ou bruxa sussurra em nossos ouvidos.


Arte de Virpi Pekkalan



Como anda a bruxa que existe dentro de você? Pergunta estranha? E se eu perguntar como anda sua deusa interior? Melhorou? Mais agradável de escutar, não é mesmo? Mas ninguém deveria ficar ofendido ou achar estranho quando perguntamos como anda sua bruxa ou sua deusa, pois estamos falando com a essência muito forte e antiga que existe dentro de cada pessoa, ligada a nossos primeiros ancestrais, que cultuavam a Grande Mãe ou Mãe Natureza.

Em pleno século 21 devemos dar mais atenção ao que a nossa deusa ou bruxa sussurra em nossos ouvidos. Ela diz que está na hora de despertar para a vida espiritual e buscar equilibrá-la como nossa vida material. Buscar a proximidade com a natureza, suas forças e essência.

Desta forma podemos dar um novo rumo à nossa vida. Mudanças ocorrem por completo ou parcialmente, dependendo da abertura de consciência de cada pessoa. A Mãe Natureza ensina que a vida é feita de ciclos. Tudo nasce, cresce, vive ao máximo, começa a perder formas e morre. Mas tudo na natureza se transforma. Nada se perde. O que morre, toma outras formas ou renasce em outra vida e segue no mundo.





Oração à Deusa/ Oração da Bruxa 
 
Eu sou a Deusa, eu sou a bruxa
Eu sou aquela que ilumina e protege
O poder da Grande Mãe está dentro de mim
Que a Grande Mãe,
a Senhora do Norte,
encha de frutos a árvore da minha vida
Grande Deusa que habita dentro de mim,Santifica cada palavra minha e cada ato meu
Afasta cada sombra de minha vida
Ilumina todas as minhas estações
Torna-me forte na dor!
Torna-me bela no amor
Que teu nome e teu poder
sejam o meu nome e o meu poder
Assim sempre foi, assim sempre será.

Desconheço autoria,

sábado, 29 de outubro de 2016

você tem sido uma boa pessoa para você?





Arte de  Beth conklin


"Porque a vida não está nem aí pro seu mau humor, suas contas, seus remorsos, suas culpas, suas noites mal dormidas.
A vida está aí pra quem a gente é: para os outros, para o mundo; e principalmente - para nós mesmos.
Te (e me) pergunto, sem demais censuras: "você tem sido uma boa pessoa para você?"

Fernanda Mello

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

que realizemos nossos sonhos como Seres despertos para a realidade do que somos e necessitamos.



Arte de Yana Fefelova


As coisas estão indo muito depressa? É a sua ilusão de controle desabando.
Encontre uma ilha ou barco seguro, no seu interior. Abra espaço para que as boas inspirações sejam claras e límpidas. A Bondade Divina jamais nos deixa sós, perante a adversidade.
Confie. E enquanto a confiança existe ou está se se fortalecendo, fique bem.
Desejo que sonhemos de olhos fechados com tudo o que nossa alma deseja, mas que realizemos nossos sonhos como Seres despertos para a realidade do que somos e necessitamos. Sem grades de ilusão.

Rita Foelker