domingo, 12 de fevereiro de 2012

Encare-se no espelho e pergunte: quem eu penso que sou?




Jamais seremos amigos de nós mesmos se continuarmos a interpretar o papel de Hércules ou de qualquer super-herói invencível.

Encare-se no espelho e pergunte: quem eu penso que sou? E chore, porque você é fraco, erra, se engana, explode, faz bobagem. E aí enxugue as lágrimas e perdoe-se, que é o que bons fazem: perdoam.



Amigar-se consigo também passa pelo que muitos chamam de egoísmo, mas será? Se você faz algo de bom para si próprio estará automaticamente fazendo mal para os outros? Ora.

Faça o bem para si e acredite: ninguém vai se chatear com isso.
 
 

Não faça nada que o desagrade só para agradar aos outros. Mas seja gentil e educado, isso reforça laços
 


Martha Medeiros

2 comentários:

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá!
É um grande prazer conhecer seu blog e poder ler o que escreves.
Acredito que quando escrevemos com prazer conquistamos amigos e fiéis amantes das palavras. Sabemos o quanto é difícil levar a nossa voz, as nossas angustias os nossos sonhos às pessoas. Mas o mais importante é saber que você e eu gostamos daquilo que fazemos.E acreditamos que o mundo pode se tornar bem melhor através de nossos escritos.
Grande abraço
Se cuida

Martha Helena disse...

Maristela Guedes, o prazer é meu que venha conhecer meu blog, mas eu só postei um fragmento da escritora gaúcha MARTHA MEDEIROS. Eu sou mera apreciadora da escritora e adoro boas crônicas e poesias...e embora também seja gaúcha e Martha, sou Helena da Rocha Barros. mil beijos e volte sempre!