quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Ao corpo, dê liberdade. À mente, renovação. Ao espírito, horizontes



 Arte de Jeanne de Lorioz

“(...) Não sou contra mudanças estéticas, muito pelo contrário. Sou contra mutilações de almas. Você sabe quem você é e o que gosta de ser? Você se ama e está confortável no seu corpo? Então, mude. Experimente-se. Ouse. A etapa anterior à mudança deve ser o amor-próprio e não o desamor. O risco de uma nova ‘você" lhe desagradar é imenso quando a antiga "você" não lhe apetece. Aprenda a sorrir primeiro. A aceitar-se. A adorar-se. É preciso trabalhar a sua auto-estima antes de comprar uma nova carcaça. Plante flores dentro do peito antes de enchê-lo de silicone. A partir daí, no que quer que você se transforme, vai ficar satisfeita.(...)”

Clarissa Pinkola Estés


 Arte de Jeanne de Lorioz

“Ao corpo, dê liberdade. À mente, renovação. Ao espírito, horizontes. A você mesma, dê-se um crédito.”

Clarissa Pinkola Estés


http://www.bolsademulher.com/sexo/voce-e-unica/ 

4 comentários:

Diário de Bordo: Uma viagem chamada Câncer disse...

Quanta sensibilidade nas palavras...
Adorei os textos... e concordo realmente que a mudança tem de vir de dentro para fora...

Débora Araújo disse...

Martha, amei o texto. Aliás, amo tudo que você posta por aqui. Deu até vontade de colocar no meu blog tudo isso. Identifiquei-me com cada palavra.
Obrigada pelas lindas frases do dia a dia.
Um grande abraço.

Amélia Angelina disse...

Amei sábias palavras.

Martha Helena disse...

Gente...só agora vi esse comentário e os demais...Obrigada, obrigada!