terça-feira, 30 de agosto de 2011

sem mágoa




                                                           Arte de Gaëlle Boissonnard 
 
 

Quando conseguiu enxugar a mágoa, a vida voltou a fluir.
Que mágoa é água que não leva.
Que mágoa é água que não lava.
Que mágoa é água estagnada.


Ana Jácomo
 

3 comentários:

Malu disse...

A VIDA é curta demais para guardarmos sentimentos que desgastam os órgão.
É preciso amar mais, ver mais entardeceres, amanheceres, colocar os pés mais vezes em contato com o mar, observar mais as estrelas...
Há tanta coisa por se fazer do que revestir-se de mágoas.
Bem colocada esta postagem.
Abraços

Eloah disse...

Tudo passa na vida inclusive a mágoa.Esta é a beleza da caminhada . O movimento dá fluidez na vida.Adorei Bjs Eloah

Martha Helena disse...

Beijos gurias...muito bom que compartilham meu post...sem mágoas é a lei...