domingo, 10 de abril de 2011

me dói que as coisas passem

Arte de Diane Leonard
 
Se tanto me dói que as coisas passem
é porque cada instante em mim foi vivo,
na busca por um bem definitivo
onde as coisas de amor se eternizassem.

Sophia de Mello Breyner Andresen.

Um comentário:

Tais Luso disse...

Muito lindo, nem precisa de explicação; aliás certas coisas se explicarmos, tira sua beleza.
Lindo demais.

Um beijo pra você.
Tais Luso