sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Confio mais no afeto e na ação curativa da alegria

Arte de Peter Robinson's cats 


"Eu gostaria de ser como o gato: quando não se quer saber de uma pessoa, levanta a cauda e sai. Não tem papo.”

Nise da Silveira


"Ainda se confia muito no remédio. Remédio não me parece muito eficiente. Pode ter efeito paliativo, mas não curativo. Confio mais no afeto e na ação curativa da alegria." 


Nise da Silveira


"O que cura é a alegria o que cura é a falta de preconceito."


 Nise da Silveira

2 comentários:

Bárbara Nascimento disse...

Até as pequenas frases dela são grandes, anda mais atual do que nunca, ainda ontem falavam dela em uma palestra, é exemplo e inspiração para o trato humanizado com os ditos "loucos". Ah, ainda por cima era mulher, brasileira e o melhor engajada, de verdade!! Fico imaginando seu modo de ser, queria ter conhecido, devia ter olhos desses que brilham quando falam o que sentem e faz agente arrepiar e se engajar, arregaçar as mangas junto, ah, dessas pessoas que costumamos dizer que tem presença de espírito!!

Martha Helena disse...

Verdade! Adoro histórias de mulheres que fizeram história quando era impossível fazer...Poderosas!Nise da Silveira foi uma delas, com certeza!