quinta-feira, 4 de outubro de 2012

nunca se sabe qual o defeito que sustenta nosso edifício inteiro…


Arte de Dimitar Voinov Jr


“Não pense que a pessoa tem tanta força assim a ponto de levar qualquer espécie de vida e continuar a mesma. Até cortar os defeitos pode ser perigoso – nunca se sabe qual o defeito que sustenta nosso edifício inteiro…"

Clarice Lispector, trecho de “Minhas Queridas”
 




Arte de Dimitar Voinov Jr 



"Você já viu como um touro castrado se transforma em boi. Assim fiquei eu…Para me adaptar ao que era inadaptável, para vencer minhas repulsas e meus sonhos, tive que cortar meus grilhões – cortei em mim a forma que poderia fazer mal aos outros e a mim. E com isso cortei também a minha força."


Clarice Lispector, trecho de “Minhas Queridas”
 

Nenhum comentário: